Cinco chaves

Redação

25 de setembro de 2008 | 08h52

Lula não vai revelar sua opção ao receber, terça-feira, as cinco propostas apresentadas pela comissão interministerial encarregada de estudar mudanças no marco regulatório do setor de petróleo. Com vistas à exploração da camada pré-sal. “Ele só vai fazer isto depois das eleições”, contou Edison Lobão, durante almoço com cerca de 20 empresários e banqueiros, em sua homenagem, terça-feira, na casa de Silvia e Roberto Duailibi. O empresário conhece o ministro há 30 anos, em conseqüência de suas visitas ao ramo da família Duailibi que vive no Maranhão.

Das cinco opções, uma é originária da Petrobrás, outra do Ministério da Fazenda e uma terceira, da ANP. “Só deixa claro aí: todas elas vão respeitar contratos já assinados”, pede.

Liberação do FGTS para acompanhar opção de aumento de capital da Petrobrás? “Isto sequer foi debatido pela comissão…não sei de onde veio.”

Tendências: