Choque

Sonia Racy

14 de agosto de 2014 | 01h08

Alckmin recebeu a informação da queda do avião em Santos, onde estavam Eduardo Campos e mais seis pessoas, por volta de 10h40 de ontem. Já no palco do auditório Elis Regina – para a abertura da Reabilitação Feira + Fórum –, o governador recebeu um bilhete. Consternado, mostrou-o a Waleska Santos, presidente do evento, que estava ao seu lado.

A cerimônia foi adiantada sem mais explicações, e o tucano deixou o local às pressas. Mesmo com toda discrição, a notícia do acidente em si acabou vazando sem certeza das mortes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.