Chiu!

Sonia Racy

22 de setembro de 2011 | 23h03

Está na Câmara paulistana projeto que prevê instalação de barreiras de proteção acústica (de acrílico) em trechos da cidade cortados por rodovias.

Na Raposo Tavares, por exemplo, o barulho atinge até 74 decibéis. O limite do estresse, segundo a OMS, é 55.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.