Chino-brazuca

Sonia Racy

15 de abril de 2015 | 01h02

A SPCine assinou carta de intenções com a província de Fujian, na China, para criação de fundo de US$ 200 mil. Objetivo? Financiar documentários. A previsão é de que o contrato seja assinado no segundo semestre.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: