Chico desautoriza uso de suas canções em musical de Claudio Botelho

Sonia Racy

20 de março de 2016 | 16h06

Chico Buarque decidiu, nesta tarde, que não dará mais autorização para que o diretor Claudio Botelho use suas canções no espetáculo Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos. Ou em qualquer outro dirigido por ele.

A decisão foi motivada pelo episódio ocorrido neste sábado, em Belo Horizonte, no qual o diretor improvisou um trecho do espetáculo e nele chamou Dilma de “ladra”. A plateia reagiu com vaias e gritos de “não vai ter golpe”.

Na madrugada, circulou pela internet um áudio do diretor discutindo com a atriz Soraya Ravenle — no camarim, depois do espetáculo — e questionando a postura da plateia. Botelho afirmou, então, que “em 67 os militares pararam (a peça) Roda Viva. Hoje, os petistas pararam ‘Roda Viva, entende?”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.