Cheque em branco

Sonia Racy

27 Julho 2016 | 00h39

A entrada de Nelson Jobim no BTG é um aval ao banco. O ex-ministro é advogado criminal de André Esteves e conhece profundamente o caso. De onde se deduz que ele tem certeza do não envolvimento da instituição financeira do seu cliente.

Afinal, como membro do conselho de administração do BTG, Jobim será solidário financeiramente em qualquer problema que o banco tenha.