Chef abre delicatessen artesanal na Vila Madalena

Chef abre delicatessen artesanal na Vila Madalena

Sonia Racy

12 de novembro de 2017 | 00h23

A CHEF FERNANDA VALDÍVIA

A CHEF FERNANDA VALDÍVIA, DA DELI GARAGE. FOTO: CHRISTINA RUFATTO/ ESTADÃO

Após três anos no comando da Padoca do Maní, a chef Fernanda Valdívia retomou seu projeto de vender lanches preparados artesanalmente em pequena escala. A Deli Garage, recém-inaugurada na Vila Madalena, comercializa pães, doces, sanduíches, saladas, sopas e sucos. A proposta tem também um viés sustentável. “Não usamos embalagens de isopor ou de plástico, fora o PET reciclado”, explica a chef. As garrafas de vidro são coletadas, esterilizadas e reutilizadas. Até recentemente, Fernanda atendia exclusivamente o mercado corporativo – preparando comidinhas para reuniões do Uber e do Twitter, por exemplo. Toda a produção vinha da cozinha que montou em seu sítio, em São Roque. Decidiu abrir a delicatessen quando constatou que era necessário estar presente em São Paulo. Hoje, os frequentadores têm a opção de disputar uma das cinco mesas ou levar os produtos para casa em embalagens biodegradáveis – feitas de amido de mandioca.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.