Chão de letras

Sonia Racy

27 de junho de 2015 | 10h13

Faz três anos que São Paulo recebe, por um mês, palavras gigantes que sinalizam o caminho da Corrida pela Paz. A palavra “Respeito”, diante do Monumento às Bandeiras, foi idealizada pelo artista Paulo Pasta com as letras SP deitadas.

Mas pessoas que passam pelo lugar estão levantando as letras. O artista está feliz com a interação com a sua obra.