CGU descobre e investiga corrupção na CGU

Sonia Racy

27 de novembro de 2017 | 09h51

A Controladoria-Geral da União, responsável pela apuração de irregularidades nos próprios órgãos públicos  — e hoje anexada ao Ministério da Transparência — acaba de descobrir corrupção… dentro dela própria.

Em parceria com a PF e o MPF, o comando da instituição deflagrou na manhã desta segunda, 27,  operação para desarticular um grupo de  funcionários que oferecia intermediação e auxílio na preparação de relatórios sobre corrupção em cidades do Pará. O episódio foi detectado em julho, em Itaiatuba.

Em nota divulgada nesta manhã, em Brasília, a CGU “lamenta o envolvimento de servidores de carreira de Finanças e Controle nas irregularidades investigadas pela Operação Controle Institucional”. E informa, ainda, que “participou ativamente” da tarefa de investigação e que os dois funcionários envolvidos “nunca exerceram cargos de coordenação e direção” na Controladoria.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.