Cerveja classe A

Sonia Racy

16 de setembro de 2011 | 23h04

Em conversas reservadas, executivos da Fifa deixam claro que discordam do MP brasileiro. Não associam violência ao consumo de cerveja durante jogos da Copa.

Motivos? A experiência bem-sucedida na África do Sul e… o preço dos ingressos, que “nivela por cima” o público nas arenas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: