Cérebro e coração

Cérebro e coração

Sonia Racy

07 de junho de 2015 | 01h20

Foto: Arquivo pessoal

Alguém já pensou em usar tomografias para fazer arte? Pois bem, Marcelo Marins,  depois de trabalhar 10 anos como radiologista, une arte e medicina. Batizando seu trabalho de insightART, o new-artista quer levar o espectador a um novo olhar, despertando a curiosidade na busca de uma “consciência sobre nosso corpo interior”, explica. “Quando eu observava as tomografias, via além, enxergava beleza nas cores e formas”. Stencil em cima de uma tomocraniana, técnica ousada de grafite, plataformas diversificadas. “É o meu tributo à medicina”, ressalta o ex-médico – que, entre ajudar sua mulher Carolina Ferraz a cuidar da pequena Isabel, filha de ambos, e trabalhar nas obras, conseguiu montar uma primeira exposição. Falta agora escolher uma galeria para exibi-la.