Cepal do Direito

Redação

19 Fevereiro 2010 | 08h48

Começa semana que vem um “contra-ataque jurídico” ao chavismo no continente. Juristas do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e outros reúnem-se em Bogotá, durante três dias, para instalar uma espécie de “Cepal do Direito”.

Oscar Vilhena Vieira, Luciana Gross Cunha e Ronaldo Macedo Jr., todos da GVLaw, são os brasileiros convidados.

A missão? Debater a democracia, os direitos humanos e o Estado de Direito à luz das regras constitucionais.