Centros de atendimento a idosos passam a ter enfermeiro

Centros de atendimento a idosos passam a ter enfermeiro

Sonia Racy

07 de janeiro de 2020 | 11h44

CENTRO DE ATENDIMENTO. FOTO: PMSP

 

A partir da próxima semana, os sete Centros de Acolhida Especial para idosos, que atendem 702 idosos em situação de rua, passam a contar com a presença de um enfermeiro e um técnico de enfermagem em cada um.

A medida inaugura uma série de ações que a Prefeitura de São Paulo prepara para a população em situação de rua.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: