Celular

Sonia Racy

23 de setembro de 2011 | 23h04

Novas esperanças para o tratamento de câncer de boca. Estudo liderado por Renata Fraga Ianez, do A. C. Camargo, identificou proteínas que caracterizam as células por trás do tumor. A descoberta muda o padrão de diagnóstico e tratamento para o tipo que atinge glândulas salivares.

Seu feito foi publicado na Histopathology, entre os 14 artigos mais importantes dos últimos três anos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: