Cavernoso

Sonia Racy

18 de agosto de 2013 | 01h03

A Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro está desalentada. Avisou o Iphan, em março, sobre depredação de sítio arqueológico em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas.

Até agora, nada de resposta.

Cavernoso 2

Os índios afirmam que a área vem sendo danificada por colecionadores e comerciantes de gravuras rupestres. Consultado, o Iphan do Amazonas avisa: está à espera de denúncia formal da sede, em Brasília, para tomar as medidas cabíveis.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.