Castanhola

Sonia Racy

15 de julho de 2014 | 01h08

Dirigentes do Barcelona cercam o presidente da Fifa, Joseph Blatter, em seus últimos dias no Brasil, para tentar reverter a pena de quatro meses de suspensão do atacante uruguaio Luiz Suárez– aquele que mordeu Chiellini.

O Barcelona quer apresentar Suárez como reforço amanhã.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: