Casa de rabino é furtada e aviso vem… no celular

Sonia Racy

24 de julho de 2018 | 00h40

Foi conturbada a noite de domingo do rabino Berel Schildkraut. Voltava de um shabbat em Ubatuba quando, ao subir a serra,  recebeu no celular fotos de uma pessoa com chapéu – que estaria sendo procurado por assaltos – andando pelas ruas de São Paulo.

Na hora, bradou à sua mulher: “É o meu chapéu, devo ter esquecido em algum lugar…”

Furto 2

Ao chegar ao apartamento, em Higienópolis, achou-o todo revirado. Não encontrou o chapéu e deu por falta de camisa e óculos. “Olha a foto, são meus… os três”.

Ligou para a polícia e foi fazer um BO.

Leia mais notas da coluna:

‘A moda deixou de ser protagonista do consumo’. diz Paulo Borges, da SPFW

José Aníbal trabalha por vaga na Câmara