Casa da mãe

Redação

02 de outubro de 2008 | 08h13

A lambança da distribuição de brindes no Dia da Secretária, quarta-feira, no Planalto, foi responsabilidade da cara-metade de José Dirceu, Evanise Santos.

Também, coitada. Ninguém avisou a relações públicas da Casa Civil sobre a proibição de mimos com valores superiores a R$ 100.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: