Cartela cheia

Redação

05 de setembro de 2009 | 06h00

Se a legalização dos bingos passar no Congresso nos termos em que está, avisa o relator Régis de Oliveira, as casas de jogos vão pagar 17% de impostos – depois de quitados os prêmios.

Para ele, é a saída para impedir a corrupção. “Pois hoje eles operam fora da lei e não pagam tributo nenhum”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.