Cartas de Dorothy

Redação

21 Fevereiro 2010 | 06h00

Na luta por uma “investigação mais esclarecedora” da morte da freira americana Dorothy Stang, religiosas que com ela trabalharam, nos EUA, decidiram divulgar cartas de sua autoria.

“Ela denunciava tudo. Cada infração. E eram muitas”, lembra Rebecca Spires, que esteve ao seu lado por 30 anos.