Cartão azul

Sonia Racy

03 de setembro de 2011 | 23h02

Luiz Fazzio, presidente do Carrefour, receberá comitiva do Sindicato dos Comerciários de São Paulo. Conversarão sobre o fechamento, esta semana, de duas lojas da rede. A entidade teme que uma nova onda de demissões se inicie.

Desde o começo do ano, cerca de mil funcionários da empresa já perderam o emprego. Graças à reestruturação da companhia no País.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: