Carnatone

Redação

18 de dezembro de 2009 | 11h19

Na mão oposta à da Beija-flor, Paulo Almeida, da Caprichosos, não titubeou: vai levar o “Arrudagate” para a Sapucaí. “Além da alegoria, vamos jogar panetones para a plateia”, contou ontem o sambista carioca.

Não teme constrangimento com os colegas da escola azul e branco, que vai entrar na avenida com a história de Brasília… patrocinada pelo governo Arruda.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.