Carlos Wizard não aceita convite de Doria para disputar prefeitura de Campinas

Marcela Paes

08 de abril de 2020 | 12h01

CARLOS WIZARD

CARLOS WIZARD. FOTO: CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO

O empresário Carlos Wizard, fundador da rede Wizard de escolas de inglês e dono de uma série de empreendimentos como as lojas Mundo Verde, não aceitou o convite feito por João Doria para ser o candidato a prefeito de Campinas pelo PSDB.

“No momento eu estou focado no trabalho comunitário de esforços para saúde, sem nenhum vínculo partidário. Estamos construindo um hospital de campanha em Campinas que deve ser inaugurado semana que vem”, diz o empresário que angaria fundos pela campanha #EuFaçoParteDaSolução.

Eli Horn, da Cyrella, e a família Safra são alguns dos doadores que já contribuíram na ação que tem como objetivo arrecadar R$ 1 milhão.

A decisão foi tomada após Wizard “considerar vários aspectos de ordem pessoal e familiar”. O empresário afirmou em mensagem a Doria que sua “estima e admiração pela luta política” do governador cresceram muito o período de reflexão sobre a proposta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.