Cara nova: Matheus Souza

Cara nova: Matheus Souza

Redação

06 de junho de 2009 | 06h00

Ele ainda nem se formou na faculdade, mas já tem filme premiado e projetos em andamento. O “cineasta prodígio” caiu nas graças dos cinéfilos, com seu primeiro longa, Apenas o Fim, que estreia sexta-feira. As inspirações são inúmeras – como Woody Allen e Domingos de Oliveira. Este, por sinal, fez questão de o adotar, como “Dominguinhos”. O filme, um romance de baixo orçamento, ambientado na PUC do Rio, é lotado de referências do mundo pop: “Acho esse universo interessante porque está sendo construído em tempo real”, afirma o cineasta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: