Cara nova

Cara nova

Redação

22 de setembro de 2008 | 07h37


Paula Moreno
Foto: Divulgação

A moça fazia teatro em Salvador desde 2000. Até que caiu nas graças do diretor Marcos Paulo e foi convidada para estrelar – ao lado de Henri Castelli e Antonia Fontenelli – a peça Vidas Divididas, de Maria Adelaide Amaral, dirigida por ele. “O texto é lindo, sensível”, afirma a baiana, que anda namorando o cinema, com pontas em alguns curtas-metragens. “Mantenho a expectativa de habitar a telona. O cinema é minha paixão.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.