‘Capoeira? Amazing!’, diz Madonna,

Redação

12 Fevereiro 2010 | 09h04

Por Debora Bergamasco

“Não quero saber de fanzoca, hein? Nada de gritinhos”, diz Flávio Pimenta a quase 200 crianças. E avisa: celular ou câmara estão proibidos. Assim, quando Madonna chega à ONG Meninos do Morumbi, quarta à tarde, a meninada, devidamente revistada, fica… completamente muda.

O silêncio é total quando a rainha pop se acomoda em uma cadeira de plástico. E logo começa a batucada – axé, samba e forró… Mesmo sentada, Madonna não se segura. Dança. sorri, aplaude.

“Amazing, amazing!”, diz empolgada com a roda de capoeira, no compasso de Paranauê. Guy Oseary, marido de Michelle Alves e seu parceiro, sai gravando e fotografando. Ao final, é a vez da convidada, que improvisa um discurso. Com ajuda de tradutora, se diz feliz por estar lá. “Vocês podem imaginar o quanto música, dança e canto são importantes na minha vida”, confessa. E faz prévia sobre o carnaval do Rio: “É minha primeira vez na festa. Estou muito animada.”

Engata discurso, em seguida, sobre a Success For Kids – programa estudantil para crianças que prega a cabala e que já formou duas turmas na ONG do Morumbi. “Fico muito feliz que estejam estudando no SFK. É importante que saibam que cada um é responsável por suas próprias ações. E que o futuro de vocês depende apenas de suas atitudes. Trabalhem duro! Obrigado!’.”

Um dos seguranças checa o camarim, improvisado em uma sala de aula de inglês. Na mesa, água mineral em copinho. Ele manda tirar pão-de-queijo, bolo e café. “Tirem tudo daí. Deixem só água. Distribuam o resto para crianças, se for o caso.”

No final, Flávio se desculpa. “Temos quase 2.000 alunos, mas reunimos pouca gente. No Brasil, como sabem, o ano começa depois do carnaval.” A cantora dá uma gargalhada e se dirige ao banheiro, onde gasta 15 minutos antes de partir.

O que o diretor da ONG achou de Madonna? “Magrela, tadinha.”