CANGA NA VITRINE

CANGA NA VITRINE

Sonia Racy

06 de setembro de 2015 | 01h25

Fonte: Iara Morselli/Estadão

Camila Proença e Bruna Rezende são as idealizadoras da +55 Canga – uma das poucas empresas nacionais que fabricam o item – marca registrada das areias – por aqui. “Quase ninguém sabe, mas as cangas vendidas nas praias não são feitas no País, mas na Ásia”, entrega Bruna, que descobriu esse fato pesquisando a área com a sócia e designer Camila, responsável pelas estampas das peças.Próximo passo da dupla? Hoje, elas participam do evento International Fashion, em NY. Lá vão apresentar a proposta da grife e também armam um shooting no Central Park. “Queremos mostrar a brasilidade do nosso produto. Vendemos um Brasil mais fresh, sofisticado”.