Candidatura de Lula tem ‘vida útil’ até início de setembro dias de vida útil

Sonia Racy

17 de agosto de 2018 | 00h50

LUIZ ROBERTO BARROSO

LUIZ ROBERTO BARROSO. FOTO: ULISSES DUMAS

Uma conta de chegar indica que, mesmo que venha a ser impugnada, a candidatura de Lula deve ter pelo menos 18 a 22 dias de “vida útil”. Vamos ao calendário formal. Amanhã sai o edital com o registro de seu nome. Quem quiser impugná-lo terá cinco dias para isso.

Na quinta, 23, o relator, Luís Roberto Barroso, junta todas as impugnações em uma única. A seguir, a defesa do ex-presidente tem sete dias para rebater – até dia 30. Daí por diante, o relator tem mais três dias para levar o caso ao plenário do tribunal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: