Candidata quer que PGE investigue ataque hacker

Sonia Racy

17 Setembro 2018 | 20h48

JAIR BOLSONARO

JAIR BOLSONARO. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Ilka Teodoro, candidata a deputada distrital pelo PSOL, pediu que Raquel Dodge – que acumula o cargo de procuradora-geral eleitoral – investigue o ataque hacker no Facebook contra grupo de mulheres anti-Bolsonaro.

A solicitação, assinada pela advogada Paula Bernadelli, foi encaminhado à PGE nesta segunda-feira, 17. A peça também pede que o Facebook seja obrigado a apresentar um relatório de investigação para que, identificados os responsáveis pelo ataque, se apure o vínculo deles com uma candidatura.

O documento não deixa de mencionar que a campanha de Bolsonaro usou o perfil do presidenciável no Facebook para comemorar a investida dos hackers.

Leia mais notas da coluna:
País parece ’embarcar na canoa errada de novo’, diz Ney Matogrosso
Vera Fischer e Barbara Paz em campanha na TV contra assédio

Mais conteúdo sobre:

Jair Bolsonaroeleições 2018