Canção para Marina

Canção para Marina

Sonia Racy

01 de outubro de 2014 | 01h20

Foto: Divulgação

Moraes Moreira compôs poema para a candidata Marina Silva – que, musicado, se tornará vídeo de campanha.

O meu sonho se embala na rede do amor
Já que no berço esplêndido é só pesadelo
Se o gigante desperta o destino é senhor
Nos ajuda a mudar, quando esgota o modelo

A esperança nasceu dentro dos seringais
Foi vivendo e aprendendo no seu dia a dia
Só na intuição percebia os sinais
Fez a sua lição, até quando não lia

E à medida que o tempo passava, crescia
Vislumbrando um porvir quase que inatingível
E se alguém duvidava ela só respondia:
“Pra quem anda com fé, quase tudo é possível”

Trabalhou, foi à luta, com dignidade
Não se queixou da sorte, e se não teve escolha
Soube até conviver com a desigualdade
Assim como quem tem a leveza da folha

Sem queimar as etapas, seguiu a jornada
Foi traçando seu mapa e aparando as arestas
Encontrou Chico Mendes no meio da estrada
Seu parceiro ideal pra salvar as florestas

Ampliou seus conceitos de cidadania
Foi valente diante das nossas mazelas
Conquistou o saber dentro da Academia
Entre tantas batalhas, venceu todas elas

Tendo orgulho da sua raiz ameríndia
Generosa mulher, coração continente
Representa o país, nossa preta “pretíndia”
Já foi tudo na vida e vai ser presidente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: