Cidade do Pará instaura CPI para investigar ferrovia

Sonia Racy

08 de setembro de 2017 | 00h55

A Câmara de Vereadores de Parauapebas, no Pará, ataca de novo. Instalou agora uma nova CPI para investigar, desta vez, a obra de ampliação da Estrada de Ferro Carajás até a supermina S11D, inaugurada em 2016, com investimento de US$ 6,4 bilhões.

Os vereadores acusam a Vale de não ter compensado os danos ambientais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: