Cama de gato

Sonia Racy

27 Julho 2010 | 23h11

Mais uma denúncia para engordar as mais de 26 mil páginas de investigação no caso Bancoop. O advogado Valter Picazio Jr. entrou com representação no Ministério Público acusando a cooperativa de estelionato. Depois de vencer ação contra a Bancoop, ele teria recebido como oferta de garantia de pagamento de seus honorários o imóvel de sua cliente cooperada.

O advogado alega que o apartamento está quitado e que este é considerado pela Justiça “inalienável”.