Caixa Econômica sobe ao primeiro lugar do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo

Sonia Racy

28 de abril de 2021 | 00h50

PEDRO GUIMARÃES. FOTO: WATERSON ROSA

Pedro Guimarães contou ontem à coluna, que excluindo o crédito imobiliário dependente do FGTS – o SFH –, o banco federal cresceu… 618% no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo, na comparação com 2018. “Quando a gente assumiu, a Caixa estava em quarto lugar no SBPE”, ressalta. 

 Hoje são os primeiros. 

 Gestão

O presidente da Caixa explica que o resultado é fruto de mudança radical na gestão da instituição financeira. “Estavam focados em grandes empresas, mais especificamente, em duas empresas brasileiras detentoras de R$ 30 bilhões de crédito. Hoje, optamos pelas micro e pequenas. E assim, chegamos a R$ 35 bilhões financiando algo perto de 350 mil empresas”, explica. 

 Guimarães compara a virada aos clubes de futebol. “Todos querem investir nos grandes, mas nos pequenos, não”, completa. 

 Gestão 2

 O ex-banqueiro assumiu há mais de dois anos, sem balanço publicado. “Estávamos sem auditoria completa desde 2016”, observa. “Fomos atrás de pelo menos R$ 5 bilhões para fazer as devidas provisões de credores duvidosos, exigidas por lei, e permitir a publicação 100% auditada”.  

 Gestão 4 

 Curiosidade: Guimarães está entre os poucos integrantes da equipe econômica que não sofre críticas públicas do presidente.

Coffin Joe 

 Passou batido a homenagem da Academia a José Mojica Marins, o Zé do Caixão, no Oscar. O cineasta foi incluído na lista in memoriam no site da premiação. “Creio que, em essência, ele tenha assistido a tudo”, diz Liz Vamp, sua filha. 

 Organizados

 O reitor José Vicente e os professores Eunice Aparecida de Jesus e Juarez de Paula Tadeu passam a integrar, a partir de hoje, o Conselho Consultivo da Ouvidoria da PM- SP – grupo de combate ao racismo na polícia. 

 Versão delas 

 Bete Coelho apresenta a versão de Consuelo de Castro de Medeia, no domingo. A transmissão será pela plataforma #CulturaEmCasa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.