Cadeira vazia

Sonia Racy

14 de agosto de 2012 | 01h03

O amistoso contra a Suécia, amanhã em Estocolmo, pode ser a última partida de Mano Menezes à frente da seleção.

Pelo que se apurou, José Maria Marin tem agendadas reuniões com pelo menos dois técnicos – assim que desembarcar no Brasil.

Cadeira 2

Fala-se em Felipão. Há uma outra corrente na CBF, capitaneada por Andrés Sanchez, que prefere Muricy Ramalho.

No entanto, quem entende diz que a escolha recairá sobre… Ney Franco, do São Paulo.