Cadê meu carro?

Sonia Racy

12 de maio de 2010 | 08h03

Ao pedir seu carro no estacionamento do salão de Marcos Proença, uma competente banqueira se esqueceu que havia ido ao cabeleireiro com seu motorista. E foi para casa guiando uma Hilux… alheia.

Levou um B.O. na cabeça.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: