Cada um por si

Redação

24 Fevereiro 2010 | 08h28

Termina hoje o apoio da Embaixada do Brasil no Suriname a cerca de 30 brasileiros atacados em Albina. Terão que sair, sem destino, dos hotéis onde o Itamaraty os manteve desde dezembro.

Almir Nascimento – que acaba de deixar a Embaixada no Uruguai para assumir em Paramaribo – pondera: “Terminou nosso papel. Vão ter que reconstruir suas vidas sozinhos.”