Caça à caixa

Redação

03 de junho de 2009 | 07h58

Na busca da caixa-preta do Airbus 320, a tecnologia terá papel crucial. A Air France deverá recorrer a robôs com sensores especiais, que se orientam eletronicamente no fundo do mar.

E que tiveram pleno êxito nas pesquisas do Titanic.

Veja também:
mais imagensBill Clinton é o centro das atençoes em jantar no Figueira Rubayat

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: