Cabral manifestou preocupação com filhos para Eike

Sonia Racy

01 de fevereiro de 2017 | 00h30

Corre, pelo meio empresarial, que a “doação” de Eike Batista para Sergio Cabral teria se dado na seguinte circunstância: o então governador manifestou ao empresário sua preocupação em relação ao futuro de seus filhos, ante as incertezas de uma carreira política no Brasil.

Maneira sutil, cá entre nós, de pedir dinheiro…

Dúvida cruel

Gente que já foi sócia de Eike quebra a cabeça para saber o que teria Cabral para dar em troca dos US$ 16,5 milhões “doados” ao governador. A força-tarefa da Lava Jato diz que Eike é suspeito de dar recursos em troca de “facilitações” para fechar contratos públicos no Rio – mas não determina objetivo específico.

Suspeitas sobre a área de Porto do Açu? Fonte lembra que o empreendimento não foi lançado por Cabral e sim por Eike e a governadora Rosinha Garotinho.

Dúvida 2

As mesmas fontes lembram: até se complicar, Eike fez outras contribuições, entre as quais R$ 20 milhões (anuais) para as UPPs, R$ 23 milhões para a limpeza da Lagoa Rodrigo de Freitas e mas R$ 23 milhões para a Olimpíada do Rio.

Ironia

Tem gente pensando em fazer um muro no quadrilátero que consulado americano ocupa, no Rio.

Que fica mais precisamente na esquina entre a Avenida Presidente Wilson e a Rua… México.