Cabra valente

Sonia Racy

13 de setembro de 2010 | 23h03

Campanha pobre, o jeito é apostar na perseverança. Plínio de Arruda Sampaio soltava o verbo no megafone quando foi abordado por fiscais da Justiça Eleitoral, no Masp, sexta.

Bateu o pé e não foi embora não.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.