Cabo de guerra

Sonia Racy

29 de outubro de 2014 | 01h04

Conversa da cúpula da campanha de Aécio– ontem, em São Paulo – com tucanos de alta plumagem elegeu missão principal para o partido pós-derrota nas urnas: não permitir a Dilma nem ao PT “roubar” da oposição a luta contra a corrupção.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: