Cabo de guerra

Redação

23 de maio de 2009 | 06h00

Era apenas uma brincadeira, mas virou coisa séria. A camisa do Corinthians com o símbolo da Brasil Foods, surpresa que Nildemar Secches ofereceu ao corintiano Luiz Furlan, acordou o apetite de clubes do Sul.

Eles estão pedindo o patrocínio da nova empresa.

Não será fácil. A Sadia já está no Corinthians, com a Batavo, e a Perdigão, por norma, não patrocina futebol.

Veja também:
mais imagensFernanda Montenegro estreia peça ‘Viver sem tempos mortos’, no Sesc Consolação
mais imagensSaint Clair Cemin inaugura exposição no Instituto Tomie Ohtake
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.