Cabem todos

Sonia Racy

09 de dezembro de 2015 | 01h10

A ordem de Lula, durante encontro com sindicalistas e líderes de movimentos sociais, anteontem, foi a de que todos buscassem ampliar ao máximo o espectro dos manifestantes que comparecerão ao ato pró-Dilma, dia 16. “Sem sectarismos ou críticas”, receitou o ex-presidente.

Devem ser convidados também os cantores Chico Buarque, Caetano, Gilberto Gil, Criolo e Emicida

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: