Cabalístico

Sonia Racy

30 de setembro de 2010 | 23h12

O Ministério Público e a Polícia Federal vão investigar se o candidato a deputado federal Ajuricaba Menezes, do PMDB, tem ligações com o PCC. Ex-presidiário, seu tema de campanha é a reforma do sistema penitenciário. E seu número é o mesmo usado para denominar o Primeiro Comando da Capital, 1533 (15= P e 3= C, no alfabeto). À coluna, Ajuricaba defende-se. “Não tenho ligações com o PCC. Consegui o número em sorteio.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.