Quem chefia, quem sai

Sonia Racy

31 de maio de 2016 | 01h50

Aldemir Bendine pediu ontem demissão da Petrobrás abrindo espaço para o sucessor, Pedro Parente.

Que terá que ser eleito pelo conselho de administração – e só depois este o elege presidente. A nova posse deve ser ainda hoje.

Em tempo: Luciano Coutinho também se demitiu do conselho da estatal.