Bruxaria

Sonia Racy

19 de setembro de 2011 | 23h03

O comercial da CEF com um ator branco interpretando o mulato Machado de Assis virou hit nas redes sociais.

A Caixa não quis explicar se o erro é obra de “desinformação” ou “recomendação”. E afirma que “sempre se notabilizou (…) pelo respeito à diversidade”. Portanto, não pode ser acusada de racismo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: