Briguinha rápida

admin

04 de fevereiro de 2009 | 06h00

Mal terminou a eleição na Câmara, DEM e PSDB saíram em busca da aliança perdida – ou quase, depois que os tucanos decidiram apoiar a candidatura de Tião Viana, do PT.

O recém-indicado líder do DEM, Ronaldo Caiado, acenou o lenço branco: “Não vamos confundir os sinais.” A separação, garante, termina com a eleição na Câmara.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.