Brechós online de artigos de luxo tendem a crescer em 2017

Brechós online de artigos de luxo tendem a crescer em 2017

Sonia Racy

01 de fevereiro de 2017 | 09h27

 etiqueta unica

A crise parece passar longe dos sites de venda de artigos de luxo de segunda mão. É o que garante Patrícia Sardenberg, idealizadora do Etiqueta Única, um dos maiores portais do segmento no Brasil, que teve um volume de vendas de R$ 9,6 milhões ano passado.

Com 2 anos e meio de funcionamento e investimento inicial de R$ 800 mil, o site já tem cadastrados mais de 2 mil vendedores e vende em média R$800 mil por mês. Patrícia acredita que é possível mais que dobrar esses números este ano. “Nossa estratégia é chegar a 5.000 vendedores e 15 mil compradores ativos no site”, conta a moça, que está investindo cerca de R$500 mil em uma nova plataforma que inclui ambiente para as vendedoras e também um app.

Brechós 2

Qual o segredo da procura? “A autenticidade dos produtos”. Como é feito isso? “Através de um time de especialistas que avaliam produto a produto — a equipe passou por um treinamento em grifes internacionais. Esse é um grande diferencial” explica. 

Muito desse crescimento se deve ao aumento da população latino-americana com acesso à internet, afirma a empresária. “Segundo dados da Nielsen, essa população aumentou 57% nos últimos anos e a categoria mais comum de compra online é moda, que equivale a 44% do mercado latino de compras online. E isso inclui as peças second hand”