Brasil online

Sonia Racy

03 de dezembro de 2013 | 01h06

Escolhido para abrir, ontem, o seminário sobre o Brasil daqui a 10 anos, montado pela recém-criada Corpora, Stephen Kanitz não resistiu: “Quando todo mundo está deprimido, lembram de chamar o autor do livro O Brasil Que Dá Certo para animar o ambiente. Estou bombando”, discursou o economista.

Os empresários presentes ao café da manhã no Caesar Park do Itaim adoraram.

Brasil online 2

Estrela da manhã em São Paulo, Guido Mantega ouviu reclamações fortes de Rubens Ometto, da Cosan, que chegou a dizer, com todas as letras, que o setor do etanol está sendo destruído. “Mais de 60 usinas foram fechadas ou pediram recuperação judicial nos últimos três anos.”

Consequência do intervencionismo estatal no preço dos combustíveis. De maneira bem humorada, pediu: “Deixa a vida me levar”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: