Brasil, o país que mais detestou 2016

Sonia Racy

10 Janeiro 2017 | 00h45

Ninguém detestou tanto o ano de 2016 quanto os brasileiros. Pesquisa global recém-concluída pelo instituto Ipsos revela que 67% dos consultados, por aqui, gostaram de livrar-se dele – contra a média mundial de 51%.

Foram ouvidas 18 mil pessoas em 25 países. Na outra ponta, só 35% dos chineses reclamaram.

Mas o otimismo, por aqui, não muda: sobe a 83% o total de brasileiros que acham que 2017 vai ser bom. Nesse quesito, o País ficou em oitavo lugar.

Senador quer Câmara bem menor

Álvaro Dias não quis esperar a reforma política: já tramita no Senado um projeto seu para reduzir de 513 para 405 o total de deputados federais. No texto, o mínimo de eleitos por Estado cai de 8 para 4 e o máximo de 70 pra 50.

Carlinhos Brown festeja a Timbalada 

O cantor baiano Carlinhos Brown vai homenagear, durante o carnaval de Salvador, os 25 anos da Timbalada – banda que criou nos anos 90. À frente do Camarote Andante, no dia 25 de fevereiro, ele cantará músicas que compôs para o grupo e que viraram hinos da festa.

Protesto pela saúde

Amanhã vai ter protesto contra o governo brasileiro… na Coréia do Sul. Ativistas adversários do uso de amianto farão concentração diante da Embaixada do País em Seul – o Brasil é um dos três maiores exportadores daquele produto para os coreanos, ao lado de Rússia e Cazaquistão.