Brasil de volta a Bagdá

Redação

24 de março de 2009 | 06h00

Estão adiantadas as providências, no Itamaraty, para fazer voltar a Bagdá a Embaixada brasileira do Iraque – que foi transferida, depois da invasão do país, para Amã, na Jordânia.

O gesto interessa muito à Casa Branca, para mostrar ao mundo que a situação por lá caminha para a normalidade. Interessa ao atual governo iraquiano, que busca reconhecimento externo. E deixa o Brasil muito bem com todo o mundo árabe, que tem muitos votos na ONU e ajudaria a conduzir o Brasil ao Conselho de Segurança.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.